Header Ads

Linha do tempo - Nana Caymmi vida e obra

1960
- Grava a faixa "Acalanto" com o pai Dorival Caymmi
- Lança seu primeiro disco solo, pela Odeon. As músicas "Adeus" (Dorival Caymmi) e "Nossos Beijos" (Hianto de Almeida e Macedo  Norte) são os destaques;
- Em 26 de abril assinou contrato com a TV Tupi para apresentar o programa Sucessos Musicais;
- Ainda na TV Tupi apresentou ao lado do irmão Dori o programa "A Canção de Nana;

1961
- Casou com o médico venezuelano Gilberto José Aponte Paoli e vai ver na Venezuela, abandonando a carreira.

1962
- Nasce a primeira filha, dia 3 de outubro, Stella Teresa;

1963
- Nasce a segunda filha, dia 12 de novembro, Denise Maria;

1964
- Volta ao Brasil para participar do álbum "Caymmi Visita Tom e Leva seus filhos Nana, Dori e Danilo" pela gravadora Elenco

1965
- Lança o LP "Nana", pela Elenco, com arranjos de Oscar Castro Neves;
- Divorcia-se do marido e volta grávida para o Brasil, com duas filhas pequenas;

1966
- Nasce o terceiro filho João Gilberto, em 17 de junho;
- Com a música "Saveiros" de Dori Caymmi e Nelson Motta, vence o I Festival Internacional da Canção, da Tv Globo;
- Participa do programa "Ensaio Geral" da Tv Excelsior, ao lado de Gilberto Gil, Maria Bethânia, Caetano veloso, Toquinho e outros;
- Assina contrato com a TV Record;
- Casa-se com Gil;

1967
- Interpreta ao lado de Gil a canção "Bom Dia" com quem compôs com Gil;

1968
- Estreia o show "Barroco" no Rio de Janeiro;
- Separa-se de Gilberto Gil;

1969
- Carlos Drumonnd de Andrade cita Nana na poema "A festa (Recaptulação)" em sua coluna no jornal "Correio da Manhã" em 23 de  fevereiro;

1970
- Ao lado do irmão Dori faz uma temporada de show no Uruguai, onde passa se apresentar anualmente;
- Participa do show "Mustang cor de Sangue" de Marco e Paulo Sérgio Valle e o conjunto Apolo 3 no Teatro Castro Alves, em Salvador,  o mesmo show é levado para o Teatro de Bolso, no Rio de Janeiro;

1971
- Participa, no dia 7 de maio, da "II Bienal do Samba" na TV Record, cantando "Morena do Mar" de Dorival Caymmi;
- Volta a Punta Del Este, no Uruguai;

1972
- Volta ao Uruguai com Dori para se apresentar no "Café del Puerto";

1973
- Faz shows em Buenos Aires com sucesso;

1974
- Volta a Punta Del Este e se apresenta com o conjunto Argentino Camerata no "Camerata Café Concert";
- Lança pela gravador argentina "Trova";

1975
- Chega à Argentina com a temporada anual "Grande Show Woman" ao lado da Camerata;
- Lança o álbum Nana Caymmi, após 8 anos sem lançar álbum no Brasil, pela CID na Sala Corpo e Som, do Museu de Arte Moderna;
- Alcança a 77º lugar do 'Hit Parade Carioca' uma semana após o lançamento;
- É chamada de 'Nina Simone brasileira' pelo crítico Tárik de Souza, fez uma temporada de um mês na boate 'Igrejinha' em São Paulo;
- A interpretação da música "Medo de Amar" de (Vinícius de Moraes) é considerada uma das mais expressivas da música brasileira pelo cantor Caetano Veloso;

1976
- No dia 22 de Outubro recebe o Troféu Villa-Lobos de Melhor Cantora, pela Associação Brasileira de Produtores de Discos;
- Faz parte da trilha sonora de "Maria Maria", espetáculo do Balé Corpo, repertório de Milton Nascimento, Fernando Brant e com Coreografia de Oscar Ajaz;
- Ao lado de Ivan Lins participa da série 'Seis e meia' no Teatro João caetano, no Rio de Janeiro;
- Lança seu segundo álbum pela CID no Teatro Opinião, "Renascer" no dia 298 de outubro;
- A música "Beijo Partido" faz parte da trilha sonora da novela de Janete Clair, Pecado Capital;

1977
- Lança novo álbum sem título com a participação do pai Dorival caymmi na faixa inédita de Caymmi "Milagre";
- A gravadora CID lança o álbum, gravado na Argentina, que traz sua interpretação de "Atrás da Porta" de Chico Buarque, álbum lançado e gravado em 1974;
- Ao lado de Ivan Lins o "Projeto Pixinguinha";

1978
- No Rio de Janeiro participa ao lado do irmão Dori Caymmi do "Projeto Pixinguinha" e percorre as cidades de Salvador, Vitória, Maceió e Recife;
- Lança mais um álbum com seu nome na capa pela Odeon;
- A música "Cais" de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos, entra para a trilha sonora da novela Sinal de Alerta, de Dias Gomes;

1979
- Ao lado de Edu Lobo e do conjunto Boca Livre, no teatro do Hotel Nacional, no Canecão;
- Casa-se com Cláudio Nucci, cantor e compositor;

1980
- No Teatro Villa-Lobos comanda o "Nana Caymmi e Seus Amigos Muito Especiais", sempre às segundas-feiras e recebe artistas como Isaurinha Garcia, Rosinha de Valença, Claudio Nucci, Zezé Motta, Zé Luiz, Fátima Guedes, Sueli Costa, Macalé, Cartier e outros;
- Faz temporada no "Chic's Bar", anexo ao Castelo da Lagoa;
- Lança o álbum "Mudança dos Ventos", pela Odeon, e vija aem turnê pelo país;
- Participa mais um ano do "Projeto Pixinguinha" com o Boca Livre;

1981
- A música "Canção da Manhã Feliz" faz parte da trilha sonora da novela "Brilhante" de Gilberto Braga;
- Seu show é considerado pelo críticos do "Jornal do Brasil" como um dos dez melhores do ano;

1982
- Se apresenta no Algarve, em Portugal;
- Entra para a trilha sonora da novela Champagne, de Cassiano Gabus Mendes, e faz uma participação especial interpretando a música "Doce Presença";

1983
- Lança o álbum "Voz e Suor", pela Odeon e faz show ao lado de César Camargo Mariano, no 150 Night Club, em São Paulo;

1984
- Separa-se de Claudio Nucci;
- Participa do "Festival de Nice", na França, ao lado do pai Dorival Caymmi e de Gilberto Gil;

1985
- Entra para a trilha sonora da minissérie "Tenda dos Milares", de Aguinaldo Silva, com a música "Flor da Bahia";

1986
- Em homenagem ao centenário de Villa-Lobos começa turnê, em dezembro, ao lado de Wagner Tiso e do grupo Uaki;
- Entra para  trilha sonora da novela "Roque Santeiro", de Dias Gomes e Aguinaldo Silva, com a música "Fruta Mulher";

1987
- Faz temporada de shows por Madri;
- Lança o álbum "Nana" com a participação do filho João Gilberto na faixa "A Lua e Eu";

1988
- Lança em São Paulo o álbum "Nana" no L'Oboràbile Società, e no Rio de Janeiro, no People Jazz;
- Faz turnê por todo o Brasil;

1989
- Entra em turnê por várias cidades da Espanha, ao lado de Wagner Tiso;
- Participa do "Festival Internacional de Jazz de Montreoux", na Suíça, ao lado de Wagner Tiso, grava o disco "Só Louco" que é lançado pela EMI;
- Seu filho João Gilberto sofre um grave acidente no Rio de Janeiro;
- Recebe a filha na faixa "Castigo" do disco em homenagem à Dolores;
- Faz shows pelo país com a turnê de lançamento do álbum em homenagem à Dolores;
- A faixa "Vem Morena" entra para a trilha sonora da novela "Tieta" de Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn;

1990
- Dedica-se exclusivamente ao filho acidentado;
- A música "Dois Corações" entra pra trilha sonora da minissérie "Riacho Doce" de Aguinaldo Silva e Ana Maria Moretzsohn;

1991
- Ao lado do irmão Danilo participa do espetáculo que reúne Dorival Caymmi8 e Tom Jobim, no "Rio Show Festival";
- Participa ao lado do pai Dorival e do irmão Danilo do "25º Festival Internacional de Jazz de Montreoux", na Suíça, eles gravam o álbum Família Caymmi em Montreoux";

1992
- O álbum "Família caymmi em Montreoux" é lançado no Brasil pela Polygram;
- Particpa da segunda versão do "Rio Show Festival" com Dorival caymmi, Danilo Caymmi e Raimundo Fagner;
- Lança o álbum "O Melhor da Música Brasileira" pela Sony Music;
- Faz temporada de shows no "Jazzmania", no Rio de Janeiro;
- Participa do "SP Festival" em São Paulo, ao lado de Dorival caymmi, Danilo Caymmi e Gilberto Gil;

1993
- Ao lado do pai e do irmão, Danilo, faz uma temporada de shows em Lisboa e no Porto, em Portugal;
- Lança o disco de "Bolero" pela EMI, com longa temporada de shows no 'People Jazz" no Rio de Janeiro;
- Percorre o Brasil em turnê do show "Bolero";
- Faz shows no 'Blue Note ' de Nova Yorke, com participação do irmão Danilo;
- A faixa "Dois corações" entra para a trilha sonora da novela "Renascer" de Benedito Ruy Barbosa;

1994
- Lança o disco "A noite do meu bem - As Canções de Dolores Duran" pela EMI;
- Faz seu primeiro show solo no "Canecão";
- Faz temporada de shows por todo o país em lançamento do álbum em homenagem à Dolores Duran;
- Se apresenta ao lado dos irmãos, do pai e de Daniela Mercury nas festividades de 50 anos das empresas Odebrecht;
- Lança o disco "Alma Serena" pela EMI, faz shows no caneção, Rio, e Palace, São Paulo;
- Viaja o país com a turnê de lançamento do disco "Alma Serena";
- FAz shows em Los Angeles e Nova Yorke ao lado do irmão Dori;

1996
- Ao lados irmãos Danilo e Dori, do pai Dorival, e de Daniela Mercury estrela shows comemorativos dos 50 anos das empresas Odebrecht;
- Faz shows no Caneção e no Palace, no Rio e em São Paulo, em lançamento do disco "Alma Serena" pela EMI;

1997
- Grava seu primeiro disco 'ao vivo', "No Coração do Rio" pela EMI, em show no Teatro Rival, no Rio;
- Viaja o país em turnê do show de lançamento do disco "No Coração do Rio";
- A faixa "Mudança dos Ventos" entra para a trilha sonora danovela "Por Amor" de Manoel Carlos;


1998
- Lança o disco "Resposta ao Tempo" com shows no Canecão;
- A faixa "Resposta ao tempo" faz parte da trilha sonora a minissérie "Hilda Furacão" de Glória Perez;
- Viaja o país com o show "Resposta ao Tempo";
- A faixa "Resposta ao Tempo" de Aldir Blach e Cristóvão Bastos é uma das mais tocadas das rádios brasileiras;
- A faixa "Não se Esqueça de mim" entra para a trilha sonora da novela "Pecado Capital" de Glória Perez;
- A faixa "Fascinação" é escolhida como trilha sonora da novela homônima de Walcyr carrasco, no SBT;

1999
- Ganha disco de Ouro pelas 100 mil cópias do álbum "Resposta ao Tempo";
- Vence a categoria Melhor Cantora na categoria MPB do Prêmio Sharp;
- A faixa "Suave veneno" faz parte da trilha sonora da novela homônima de Aguinaldo Silva;
- Lança a coletânea "Nana Caymmi - Os MAiores Sucessos de Novela" pela EMI;

2000
- Lança o álbum "Sangre de Mi Alma" pela EMI, em comemoração dos 40 anos de carreira;
- Viaja o país com a turnê "Sangre de Mi Alma";
- A faixa "Solamente Una Vez" entra para a trilha sonora da novela "Laços de Família" de Manoel Carlos;

2001
- Grava o poema "Tarde Triste" de Maysa especialmente para a trilha sonora da novela "O Clone" de Glória Perez;
- Participa da novela "O clone" duas vezes, a primeira para cantar em um mar em uma cena ao lado de Vera Fischer, e a segunda no último capítulo da novela dando depoimento sobre a dependência de drogas do filho João Gilberto; 
- Lança o disco "Desejo" pela Universal, apenas com músicas inéditas;
- Entra para a trilha sonora da novela "Porto dos Milagres" de Aguinaldo Silva com a música "Saudade de Amar";

2002
- Lança o disco "Mar e o Tempo" com canções do pai, Dorival Caymmi;
- Grava a inédita "Desde de Ontem";
- O álbum é considerado pelo crítico do Estadão como o melhor de sua carreira;


2003
- Entra para a trilha sonora da novela "Mulheres Apaixonadas" de Manoel Carlos com a música "Não Tem Solução";
- Lança o songbook "O melhor de Nana Caymmi", com letras, cifras e perfil traçado pela filha Stella Caymmi;
- A música "Doce Castigo' entra para a trilha sonora da novela "Celebridade" de Gilberto Braga;
- Participa da novela "Celebridade" cantando em um bar que faz parte da trama;

2004
- Lança o disco "Para Caymmi, de Nana, Dori e Danilo" junto com os irmão em homenagem aos 90 anos do pai;
- A música "Até pensei" de Chico Buarque é gravada especial para a novela "América" de Glória Perez;

2005
- Lança o disco ao lado dos irmãos "Falando de Amor" sobre a obra de Tom Jobim;
- A música "Não se esqueça de mim" entra para a trilha sonora da novela "Caminho das índias" de Glória Perez;

2008
- Stella Maris e Dorival Caymmi morrem no Rio de Janeiro, em curto intervalo de quinze dias;
- Nana cogita abandonar a carreira;

2010
- O documentarista Georges Gachot lança o documentário "Nana caymmi - Rio Sonata";

2009
- Lança o disco "Sem poupar coração" e a música homônima entra para a trilha sonora da novela "Insensato Coração" de Gilberto Braga e Ricardo Linhares;

2012
- Anuncia aposentadoria em show no "Vivo Rio";
- A música "Flor da Noite" entra para a trilha sonora da novela "Gabriela" de Walcyr Carrasco;

2013
- Lança ao lado dos irmãos Dori e Danilo o disco "Caymmi" pela Som Livre em shows no Sesc Vila Mariana;

2014
- Ao lado dos irmãos faz shows no Sesc Pompeia intitulado de "Família Caymmi" em comemoração aos 100 anos de Caymmi;
- Grava ao lado dos irmãos, de Chico Buarque, Milton Nascimento, Caetano Veloso e Gilberto Gil um disco em homenagem ao 100 anos de Dorival Caymmi;

Nenhum comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.